Agricultura, auto-suficiência e lutas camponesas

Uma partilha do trabalho e experiências de trabalhadoras/es de um sindicato agrário, um projecto de uma organização internacional e outro da academia, de diferentes territórios (País Basco, Colômbia e CPLP) sobre práticas, contradições, possibilidades e impossibilidades relacionadas à (des) construção dos direitos a ser campesina/o, à alimentação, terra, trabalho, aos comuns.

em Economia Política da Comida e Soberania Alimentar

24 de Novembro, sábado, 10h00

Oradores

Paul Nicholsonpaul

Hoje reformado, vive em Ispaster Bizkaia e participa de projectos locais de Soberania Alimentar. Tenho participado desde o início junto com minha organização de base, Ehne bizkaia, na criação da Via Campesina em 1993, que se destacou como um movimento que aglotina internacionalmente as organizações ou movimentos rurais que lutam contra políticas neoliberais e a favor da soberania alimentar dos povos.

Giovanna Micarelli

giovannaGiovanna MIcarelli (PhD) é professora de Antropologia na Pontifícia Universidade Javeriana de Bogotá e investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Desde 1995, trabalha com os povos indígenas da Amazónia peruana e colombiana, apoiando processos de investigação colectiva e fortalecimento político e cultural. Os seus interesses de pesquisa incluem teorias indígenas sobre conhecimento, vida e sociabilidade, percepções e práticas socioambientais e territorialidade, respostas indígenas ao desenvolvimento ocidental, formas de organização interétnica e intercultural.

Victoria Medina

victoriaGraduada em Relações Internacionais pela Universidade Federal de Santa Catarina. Actualmente é Mestranda em Direito Humano à Alimentação e Desenvolvimento Rural pelo Instituto Politécnico de Coimbra e colaboradora da ACTUAR – Associação para a Cooperação e Desenvolvimento como Facilitadora Regional da Rede das Margaridas da CPLP que atua para a promoção dos direitos das mulheres rurais para a Comunidade.

Moderadora: Aurora Santos