Ecossocialismo, que alternativas?

Onde nos pode levar o ecossocialismo? Que plano social, económico, político pode alimentar um futuro de justiça social e ambiental? Como criar uma revolução social e uma visão contra-hegemónica sobre crescimento, desenvolvimento e justiça social.

em Desmantelando a falácia do Capitalismo Verde

25 de Novembro, Domingo, 10h00

Oradoras/es

Giacomo d’Alisa (Centro de Estudos Sociais, Portugal)giacomo

Giacomo d’Alisa é um economista ecológico e político. É membro do Barcelona School of Environmental Justice and Degrowth. O seu trabalho académico aplica-se a um enquadramento critico extraído da economia ecológica, teoria política, da avaliação integrada e da ecologia política urbana para apurar as mudanças nos padrões metabólicos da sociedade e a inerente injustiça ambiental gerada. Lutou contra a privatização da água em Nápoles nos anos 2000 e actualmente é investigador no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Bea Martxueta (LAB, Espanha)BEA

Bea Martxueta Pérez. Advogada, Membro da Directoria Executiva do LAB Syndicate. Responsável pela Secretaria de Política Social e Acção.

Christine Poupin (NPA, França)

Christine Poupin, militante anticapitalista, foi técnica informática na indústria química. Participa em movimentos feministas, foi dirigente sindical e membro da Liga christineComunista Revolucionária. Actualmente é porta-voz do NPA (Novo Partido Anticapitalista), em França.

José Luis Garcia (Instituto de Ciências Sociais, Portugal)

José Luis Garcia é investigador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. Doutorado em Ciências Sociais. jose luisDesenvolve trabalho científico em teoria social crítica, sociologia da ciência e da tecnologia, filosofia da tecnologia, economia política e estudos de comunicação, média e jornalismo. É autor de vários livros, incluindo “Razão, Tempo e Tecnologia”.

Moderador: João Camargo (Climáximo, Portugal)